quinta-feira, 9 de abril de 2020

COMPETÊNCIA: Delegado Eric Costa deixa Delegacia de Homicídios de Garanhuns para chefiar Divisão de Homicídios do Agreste

O competente delegado Eric Costa Cândido, que era coordenador da 22ª Delegacia de Homicídios, em Garanhuns, sai da DP e passa a assumir a Divisão de Homicídios do Agreste, em Caruaru.

Eric Costa, passou pouco mais de 2 anos à frente de uma das delegacias mais especiais da cidade de Garanhuns. Ele e equipe foram responsáveis por uma redação de quase 80% nos homicídios e tráfico na cidade de Garanhuns.

Delegado Eric não mediu esforços, desencadeou operações importantes e colocou para trás das grades centenas de criminosos que tiravam o sossego da sociedade garanhuense. Ressaltamos a importância de uma equipe muito engajada e que solucionou crimes em pouco tempo.

O delegado Eric Costa divulgou na tarde desta quinta-feira (09) nota de agradecimento à imprensa, confira;

Boa tarde. Informo aos Senhores integrantes da Imprensa de Garanhuns que na da hoje, foi me dada uma nova missão na Polícia Civil de Pernambuco. Deixo a titularidade da 22ª Delegacia de Homicídios para assumir a chefia da Divisão de Homicídios do Agreste, com sede na cidade de Caruaru.

Agradeço a todos pela colaboração e parceria que tivemos com todos da imprensa de Garanhuns. Peço desculpas pelas falhas e espero que no futuro possamos trabalhar juntos novamente. Um grande abraço e que Deus abençoe a todos!!

Capoeiras registra primeiro caso de Coronavírus

A Secretaria de Saúde de Capoeiras divulgou na tarde desta quinta-feira (09), o primeiro caso do novo Coronavírus Sars-cov 2 (COVID-19).

Segundo nota divulgada pela secretaria, o paciente é um homem de 34 anos, que está internado no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, no Agreste.

Abaixo nota da Secretaria de Saúde de Capoeiras;

A Secretaria Municipal de Saúde de Capoeiras - PE, informa que nesta data, 09 de abril de 2020, foi diagnosticado o primeiro paciente confirmado de Covid-19 no município, homem de 34 anos, que se encontra internado no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru. O paciente apresenta quadro estável, com melhora significativa dos sintomas apresentados.

A Secretaria Municipal aproveita a oportunidade para informar que está dando assistência à família, e renovar o apelo para a população tomar os devidos cuidados preventivos, evitando aglomerações e saídas desnecessárias de suas casas.

Prefeitura Municipal de Capoeiras
Secretaria Municipal de Saúde

URGENTE: motorista de ônibus que faleceu em Garanhuns testou positivo para COVID-19

A prefeitura de Garanhuns confirmou agora a pouco que o primeiro caso do Novo Coronavírus na cidade de Garanhuns, no Agreste pernambucano.

Segundo a nota divulgada pela Prefeitura, em redes sociais, a vítima foi um homem de 49 anos de idade. A nossa equipe entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde que confirmou que a vítima foi o motorista de ônibus, Edimilson Bahia de Andrade morador do bairro Manoel Chéu, em Garanhuns.

Edmilson faleceu após dar entrada na emergência do Hospital Regional Dom Moura, com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Antes, a vítima já havia sido atendida em unidades de saúde da cidade de Garanhuns.

Abaixo, nota divulgada pela Prefeitura Municipal de Garanhuns;

Nota oficial – Secretaria Municipal de Saúde de Garanhuns 09 de abril de 2020 

A Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica, informa que o primeiro caso de Covid-19 foi confirmado no município de Garanhuns na manhã de hoje (09/04) pelo LACEN-PE (Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco). Trata-se de um homem de 49 anos, notificado em hospital da rede pública estadual, que foi a óbito na última terça-feira (07/04). 

Um novo caso de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) também foi notificado e amostra já foi enviada para o LACEN-PE. Reforçamos, mais uma vez, a importância de ficar em casa. Redobre seus cuidados com higiene, cumpra seu isolamento social e siga as orientações das autoridades sanitárias. Só saia de casa se for extremamente necessário.

quarta-feira, 8 de abril de 2020

Ajudante fica ferido após sofrer forte descarga elétrica, em Garanhuns

Um ajudante de pedreiro ficou ferido após sofrer uma forte descarga elétrica numa construção civil na Rua Sete de Setembro, no Centro da cidade de Garanhuns, no Agreste.

O homem que não teve a identidade divulgada estava realizando o acabamento externo de um apartamento, quando uma das ferramentas se aproximou de uma rede de alta tensão.

Diante da aproximação, o homem recebeu uma descarga elétrica de alta voltagem e foi arremessado pra parte superior do prédio. Ele sofreu escoriações e ficou caído, consciente.

Equipes do SAMU e Corpo de Bombeiros estiveram no local e após os procedimentos legais de primeiros socorros encaminharam o homem para o Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns.

Equipes da CELPE estiveram no local para realizar reparos na rede de energia que sofreu pequenas alterações.

Direção do Dom Moura nega ter fechado portas da emergência por causa de caso suspeito de coronavírus

O diretor médico do HRDM, dr. Paulo Mendonça, negou na tarde desta quarta-feira (08), que o Hospital Regional Dom Moura tenha fechado as portas para atender apenas um caso suspeito do novo Coronavírus.

Em entrevista ao programa Plantão Coronavírus da 87 FM, o dr disse que "a medida foi tomada após um homem que estava embriagado perturbar aos pacientes e funcionários".

O diretor disse ainda que os vigilantes solicitaram ao bêbado que saísse, porém, o mesmo negou, sendo necessário fechar as portas, tendo assim, o homem ido embora.

O diretor ressaltou ainda que o caso que chegou na emergência  ainda é suspeito. Trata-se de um idoso da cidade de Belo Jardim, que fez exame para confirmar ou não se trata-se de caso  do novo Coronavírus.

A emergência do Hospital segue realizando o atendimento normal, tomando as devidas precauções.



Jovem de 16 anos morre após arma disparar enquanto ele "brincava", em Garanhuns

Um rapaz de 16 anos, não identificado, morreu após a arma em que ele estava disparar acidentalmente. O caso foi registrado na noite de ontem (07), na Rua Vereador Evandro Cavalcanti, na Cohab 1, em Garanhuns, no Agreste.
De acordo com as informações apuradas por nossa equipe de reportagem, os vizinhos ouviram um disparo, em seguida ouviram pedidos de socorro de jovens que estavam dentro da casa. Ao chegarem na residência, os vizinhos viram o jovem caído em cima de um colchão e com um ferimento na testa.
O jovem morreu antes mesmo de receber os primeiros socorros. Segundo Informações, o jovem era natural de Camaragibe, na região metropolitana do Recife.
As jovens que estavam na residência fugiram antes mesmo da chegada da Polícia Militar. A arma do crime não foi localizada. A Delegacia de Homicídios de Garanhuns está investigando o caso.

O corpo passou por perícia e foi encaminhado ao IML na cidade de Caruaru.

terça-feira, 7 de abril de 2020

Motorista de ônibus morre em Garanhuns após sentir falta de ar; teste para COVID-19 foi feito

Um motorista de ônibus, morador do bairro Manoel Chéu, morreu na madrugada desta terça-feira (07), com suspeita do novo Coronavírus, Covid-19.

Edmilson Bahia de Andrade tinha 49 anos e segundo a família, deu entrada no Hospital Nossa Senhora do Perpétuo Socorro na quinta-feira (02), queixando-se de cansaço, febre, fraqueza e falta de ar, ainda no hospital foi diagnosticado com Pneumonia, medicado e recebeu alta, dias depois teve uma piora no quadro clínico e foi novamente à emergência do Hospital, porém, segundo informou a família, na unidade não tinha leito disponível. 

Edimilson procurou o Hospital Regional Dom Moura, onde  fizeram a coleta para confirmar ou não se o mesmo era portador do Covid-19 ou H1N1(resultado ainda não divulgado) e mais uma vez, Edmilson recebeu alta e foi liberado para retornar pra casa.

Ainda segundo a família na noite desta segunda (06), Edmilson retornou ao hospital queixando-se de falta de ar, e de imediato foi entubado por seu quadro clínico ser considerado crítico. 

Às 04h00, Edmilson não resistiu e veio a óbito. O sepultamento aconteceu nas primeiras horas da manhã desta terça-feira (07), por se tratar de suspeita de Covid-19, a Vigilância Sanitária não permitiu que a família pudesse acompanhar o sepultamento.

O Hospital Regional Dom Moura ainda não se pronunciou sobre o caso.