sábado, 20 de abril de 2019

Mototáxi comete suicídio na Cohab 1, em Garanhuns

Um mototaxista cometeu o suicídio na noite deste sábado (20), na Cohab 1, na cidade de Garanhuns, no Agreste pernambucano.

O caso foi registrado na Rua Guilherme Farel, nas proximidades do Café Cupido. A vítima foi identificada como sendo Franklin de Almeida, conhecido como Neném, de 37 anos de idade.

Segundo informações, o mototáxi foi encontrado pela esposa pendurado na garagem da residência,  em uma corda.

A família tentou retirar a vítima, na tentativa de prestar socorro, porém o mesmo já estava em óbito. A PM foi acionada, isolou o local e aguardou a chegada da Polícia Civil, que junto ao IC realizou o levantamento Cadavérico.

O Corpo foi encaminhando ao IML em Caruaru por meio de uma funerária contratada pela família. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.


quinta-feira, 18 de abril de 2019

MORTO A FACADAS: homem é assassinado na Boa Vista, em Garanhuns

Um homem identificado como sendo José Valdeir Lopes dos Santos, de 27 anos, residente na Rua Belém, Boa Vista, morreu após dar entrada na emergência do Hospital Regional Dom Moura, em Garanhuns.
De acordo com as informações colhidas por nossa equipe de reportagem, a vítima estaria na rua Fortaleza, nas proximidades da comunidade conhecida como Pipoca, quando teria sido esfaqueada por diversas vezes.

A agressão teria sido motivada após uma discussão, onde a vítima havia tentando apasiguar sendo então esfaqueada  por um elemento que está sendo procurado pela PM. Até o momento o bandido não foi localizado.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi socorrida por populares mas devido a gravidade dos ferimentos acabou falecendo.

MAIS DETALHES EM INSTANTES

quarta-feira, 17 de abril de 2019

REATIVADA: Cadeia de Garanhuns volta a funcionar

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH) reabriu, nesta terça-feira (16/04), a Cadeia Pública de Garanhuns, no agreste de pernambucano. A unidade passará a receber presos, com processos ou residentes da cidade, na próxima segunda-feira (22/04).
A reforma do estabelecimento também contou com mão de obra carcerária. Toda a estrutura física, elétrica e hidráulica foi recuperada, possibilitando o aumento de 96 para 200 no número de vagas.
A cadeia também recebeu reforço na passarela, além de revestimento e pintura nas celas, pátio e setor de alimentação. Há no Estado 53 cadeias públicas em funcionamento gerenciadas por seis núcleos prisionais. A de Garanhuns funciona como um dos núcleos para os estabelecimentos de Bom Conselho, Saloá, Cachoeirinha e Lajedo, onde são recolhidos presos provisórios do regime fechado. Secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico destacou que o espaço irá desafogar as cadeias de Saloá, Lajedo, Capoeiras e Santa Cruz do Capibaribe, além de facilitar o acesso das famílias aos custodiados. “No governo Paulo Câmara já entregamos quase três mil novas vagas e a intenção é continuar ampliando.” completa.
Acompanharam a reabertura o secretário-executivo de Ressocialização, Cícero Rodrigues, a diretora do Fórum de Garanhuns, Karla Peixoto Dantas, o coronel Paulo César e o coordenador da defensoria Pública de Garanhuns, Agnaldo Barros.

EM NOTA: Prefeitura de Garanhuns afirma que invasores foram avisados para não construir

NOTA DA PREFEITURA MUNICIPAL DE GARANHUNS SOBRE TERRENO INVADIDO NO LOTEAMENTO ROSA MÍSTICA, EM GARANHUNS

O Município de Garanhuns solicitou reintegração de posse da área, por meio da intervenção judicial em agosto de 2018, contra os responsáveis pela ocupação irregular no Campo do São Paulo, localizado na rua Waldir Mansur, s/n°, no bairro Francisco dos Santos Figueira. A medida liminar autorizando a reintegração foi deferida pela Vara da Fazenda Pública da Comarca de Garanhuns, e cumprida nesta segunda-feira (15). 

A área em questão foi ocupada ilegalmente por pessoas que entraram e decidiram por sua conta dividir o espaço, constituindo um verdadeiro desmembramento “condomínio ou loteamento” irregular, prática vedada pela legislação brasileira, sendo dever do município coibir tal prática. 

Haja vista que a área é de propriedade do município de Garanhuns, que desde o momento em que tomou conhecimento da marcação de lotes e edificação de residências irregulares, de forma imediata, adentrou com as medidas legais necessárias para que fosse realizada a desocupação do local. Vale ressaltar que foram realizadas várias tentativas para solucionar o impasse de forma amigável. 

Por diversas vezes, representantes da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, juntamente com a Autarquia Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte (AMSTT), tentaram informar aos invasores que aquela área é pública e que eles necessitavam paralisar as obras já iniciadas, bem como, caso tivessem adquirido a área de alguém, que iniciassem uma rescisão contratual, pois estariam comprando de quem não seria o real proprietário. Para a surpresa dos servidores públicos, os infratores informaram que sabiam que aquela área não era particular e que mesmo assim continuariam no local até que a polícia viesse retirá-los. 

De posse de tal informação, o município autor registrou um boletim de ocorrência, e logo em seguida houve o ajuizamento da ação de reintegração de posse. O que há no presente caso é a má-fé dos réus que mesmo ao saber que o terreno era de propriedade pública, ou seja, do povo de Garanhuns, continuaram a erguer edificações sem autorização. Não podemos aceitar que bens públicos sejam tomados por aqueles que se utilizam de destreza, destruição ou fraude para obter para si algo público, que pertence a Garanhuns. 

Não há nada que justifique que os responsáveis pela ocupação tenham mais necessidade do que outras pessoas que estão em situações semelhantes, de forma que várias edificações se encontram com placa de “vende-se”; o que demonstra que não haver uma necessidade de moradia, e sim de “lucro”. 

Por fim, com a convicção que o município está cumprindo com seu dever de proteger os princípios da supremacia e indisponibilidade do interesse público, continuaremos em busca do cumprimento da medida liminar concedida.

EM CAETÉS: casal é preso suspeito de praticar homicídio

No final de janeiro de 2018 ocorreu o crime de homicídio, que teve como vítima, Alcides Nogueira da Silva, natural da cidade de Caetés. O crime aconteceu às margens da BR-423, sendo o corpo encontrado na tarde do sábado (23/01).
Após a Instauração de Inquérito Policial, a Delegacia de Polícia de Caetés investigou o caso, chegando a fortes indícios de que a autoria seria da ex-companheira da vítima, e seu atual esposo, que já teve passagem pela polícia pela prática de homicídio. Os mesmos, segundo relatos, tinham relações extra-conjugais desde a época da morte de Alcides, conhecido por Cidinho.

Diante a materialidade e provas do delito embasados no Inquérito Policial (I.P) foi requerido ao Poder Judiciário que fossem expedidos os mandados de prisão contra os supostos autores do crime.

Durante a tarde desta terça-feira (16), o efetivo da Delegacia de Caetés, após o deferimento do pedido e a expedição dos mandados de prisões temporárias pela Comarca do Município, a equipe foi até a residência dos mesmos, onde se encontravam, sendo-lhes dada a voz de prisão.
Durante o ato, os presos não ofereceram resistência. Após a prisão, os autores foram conduzido à delegacia para as devidas formalidades. Os recolhimentos foram feitos para as Cadeias Públicas de Capoeiras e Buíque/PE respectivamente. 

Informações sobre o crime podem ser repassadas para a Polícia Civil através do telefone  (87) 9.9196-5130 (Whatsapp). O SIGILO É GARANTIDO.

Criança morre após se afogar em reservatório próximo à Cohab 3, em Garanhuns

Uma criança morreu nesta terça, 16 de abril, após se afogar em um barreiro localizado próximo ao Paraíso Motel, na Cohab 3, em Garanhuns.
De acordo com a Polícia, ela brincava no referido reservatório com mais outros dois menores quando veio a se afogar. O menino, de nome Isaac Gabriel da Silva Melo, que residia na Cohab 3, foi retirado com vida do barreiro por duas pessoas que passavam pelo local, mas, apesar das tentativas de reanimação, a criança veio a óbito após ser encaminhada às pressas para o Dom Moura.
 O corpo do garoto foi encaminhado ao IML, em Caruaru. A idade do menor não foi informada.

(Do V&C Garanhuns)

EM GARANHUNS: homem é preso e fuzil é apreendido pela PM na zona rural

Um indivíduo foi preso por posse de arma de fogo de uso restrito, na manhã de ontem (16), na zona rural de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco.
De acordo com as informações, o efetivo da "ROCAM RURAL", juntamente com a Guarnição Tática Maria da Penha foram solicitados pela central de operações do 9ºBPM para se deslocar até a "Bica de Santa Quitéria", próximo ao povoado Castelinho para averiguar informações de que uma senhora conhecida como "Cidinha", tinha sido espancada pelo seu companheiro e precisava de ajuda. 

Ao chegar no local o efetivo Policial encontrou a vítima, aparentemente muito nervosa que não respondeu nada ao efetivo. Os policiais chamaram o companheiro da vítima identificado como sendo Hugo Grey de Farias, de 30 anos, onde os policiais perguntaram se ele havia agredido a sua companheira e o mesmo respondeu que não.
Foi realizada uma busca pessoal ao indivíduo porém nada de ilícito foi encontrado em seu poder. Os policiais indagaram a Hugo se o mesmo possuía alguma arma de fogo, o indivíduo informou que sim e levou os policiais até o seu quarto, onde foi encontrado um fuzil calibre 7,62 de uso restrito, com 06 (seis) munições intactas do mesmo calibre, exclusive uma das munições estava na câmara da arma. 

No local ainda foram apreendidas 02 (duas) facas, uma porção de maconha e cigarros. De imediato foi dada voz de prisão ao mesmo, que foi conduzido com a sua companheira e o material apreendido até a 2ª Delegacia, para ser tomadas as providências legais e cabíveis. 

O indivíduo que responde por homicídio, já passou pelo presídio de Canhotinho foi autuado em flagrante e encaminhando à Audiência de Custódia.