sábado, 1 de setembro de 2018

MARIA DA PENHA VAI À ESCOLA: alunos da rede municipal participam de palestras, em Garanhuns

A Escola Municipal Artur Brasiliense Maia realizou hoje (31), a culminância do Projeto Maria da Penha Vai à Escola. A ação é uma parceria da Secretaria da Mulher (Secmul) com a Secretaria de Educação (Seduc). Na ocasião, foram apresentados os resultados do projeto que foi realizado durante o ano letivo. A Escola Municipal Batista da Esperança, localizada na comunidade quilombola, Castainho, também realizou a culminância nesta sexta-feira (31).

O Maria da Penha Vai à Escola foi criado no ano de 2015 e trabalha a temática de combate à violência doméstica nas escolas públicas de Garanhuns, durante o ano letivo de acordo com cada disciplina. Os alunos aprendem sobre a Lei Maria da Penha por meio de pesquisas, debates, produção de textos e trabalhos pedagógicos. Segundo o gestor da Artur Maia, Iakson Vilela, o projeto reflete diretamente na comunidade. “Iniciamos a ação sensibilizando os professores e realizamos diversas ações com os mais de 350 alunos e suas famílias. Nós conseguimos levar a consciência de que também era preciso trabalhar a temática em casa. O projeto é muito pertinente. A comunidade começou a enxergar o combate à violência como uma coisa vital”, explicou. 

Adiretora do Centro de Atendimento Especializado a Mulher (Ceam), que está integrado a Secmul, Rosário Sarduy, afirma que a Educação é o melhor caminho para criar uma sociedade com equidade. “É de suma importância levarmos esse programa às escolas de Garanhuns, porque só através da Educação podemos desconstruir essa cultura de violência que massacra a sociedade e que faz com que o mundo seja tão perigoso. 

Se já conseguimos introduzir nessas crianças a importância da Lei Maria da Penha, tenho certeza que em breve teremos um mundo melhor e livre de violência doméstica”, ressaltou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário