sexta-feira, 30 de novembro de 2018

VIOLÊNCIA: jovem de 18 anos é morto a tiros no residencial Manoel Camelo, em Garanhuns

O homicídio de número 36 foi registrado na noite desta quinta-feira (29), na cidade de Garanhuns, no Agreste pernambucano. Desta vez, o homicídio foi registrado dentro da quadra X do Residencial Manoel Camelo, na Cohab 2.
A vítima foi um adolescente de 18 anos de idade, identificado como sendo João Paulo Clementino da Silva, de 18 anos, conhecido como "Cabelinho", residente na localidade, o qual era usuário de drogas e estava sendo investigado pela Polícia Civil, suspeito de cometer delitos na região.

De acordo com as informações, Cabelinho foi morto por dois elementos armados de revólver calibre 38 que pularam o muro do residencial e já iniciaram a série de disparos contra o mesmo.  Informações dão conta que Cabelinho tentou correr, caiu no chão e mais uma vez foi alcançado pelos algozes e teve sua vida ceifada.


Os elementos após a prática do homicídio fugiram tomando destino ignorado. Cabelinho morreu cerca de 50 metros da porta de sua casa. Na hora do crime o mesmo estava no salão de festa do residencial.
Populares disseram apenas ter ouvido os disparos, ninguém soube repassar maiores informações para a Polícia Civil. A PM isolou o local, realizou rondas mas não conseguiu localizar nenhum dos autores. A Polícia Civil através do Departamento Especial em Apuração de Homicídios (DEAH) esteve no local e junto ao IC realizou o levantamento cadavérico.
Após os trâmites legais, o corpo de João Paulo foi encaminhado ao IML, na cidade de Caruaru. O caso será investigado. Autoria e motivação ainda são desconhecidas.





Nenhum comentário:

Postar um comentário