terça-feira, 7 de janeiro de 2020

Delegacia da Mulher de Garanhuns diz que "segue investigando" caso de suposto estupro coletivo

A Polícia Civil de Pernambuco, por meio da 9a Delegacia de Polícia da Mulher, localizada em Garanhuns, segue investigando a denúncia de estupro de vulnerável, segundo relato da vítima e sua mãe, ocorrido no dia 27 de setembro de 2019, em uma escola da rede municipal.
O caso está sob responsabilidade da delegada Graça Canuto, em função das férias da Delegada Titular. É importante esclarecer que todos os procedimentos foram adotados. 


Alem de instauração de Inquérito Policial, a vítima foi encaminhada para exames periciais em uma unidade do IML para verificação dos sinais de violência. O Conselho Tutelar foi acionado desde o primeiro momento e, inclusive, acompanhou a criança nos exames. Além disso, diligências e ouvidas dentro do inquérito estão em curso para, no menor tempo possível, esclarecer os fatos e punir eventuais responsáveis.

Alegando problemas durante sua gravidez de alto risco, a mãe da criança faltou a dois depoimentos marcados pela Delegacia da Mulher, o que retardou o andamento dos trabalhos investigativos. 

Mas, logo que o contato com a denunciante foi restabelecido, as apurações voltaram a avançar. Para não atrapalhar as diligências, mais informações só poderão ser dadas com a conclusão do inquérito. A Polícia pede ainda responsabilidade e respeito no tratamento de um caso tão delicado e que precisa ser devidamente esclarecido.

Orientamos ainda a população para, em casos assim, procurar de imediato uma Delegacia da Mulher ou qualquer unidade policial mais próxima. A rapidez na denúncia, assim como a coleta de amostras e perícias no menor tempo possível após o ocorrido, pode fazer toda a diferença na comprovação do crime e na identificação de autores. 

Informe-se sobre a rede de proteção por meio da Ouvidoria da Mulher no 0800-2818187 e, em caso de emergência, ligue para o 190 (PMPE). Pernambuco vem ampliando as delegacias especializadas e, atualmente, há unidades do DPMUL no Cabo de Santo Agostinho, Afogados da Ingazeira, Santo Amaro (Recife), Prazeres (Jaboatão dos Guararapes), Paulista, Vitória de Santo Antão, Goiana, Caruaru, Surubim, Garanhuns e Petrolina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário