sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

DESFECHO INESPERADO: filho adotivo planejou assalto que acabou na morte da mãe e deixou pai baleado, em Canhotinho

O Crime de homicídio e de uma tentativa na cidade de Canhotinho no interior de Pernambuco, teve um desfecho inesperado que deixa a população surpresa e indignada. Segundo informações, o mandante do crime que articulou todo o processo do latrocínio, foi o filho adotivo das vítimas.

Segundo informações, Gabriel Martins, foi adotado pelo casal e criado com todas as regalias de um filho biológico, mas infelizmente a gratidão não existiu no coração daquele que foi acolhido pelo casal e anos depois planejou tirar a vida em um assalto juntamente com seus comparsas. A população da pequena cidade cidade está chocada.

"O pior de tudo foi ver ele dando entrevista na televisão chorando lágrimas de crocodilo e nós não sabíamos que aquele monstro era quem tinha mandado fazer aquela desgraça na família. Os moradores de Canhotinho estão perplexos com a barbaridade do crime e principalmente por sabermos que todos amavam o Gabriel como se fosse filho de verdade. Esperamos justiça e que ele fique na cadeia." Disse um morador próximo a família em entrevista a um blog local.

Toda as informações sobre a participação de Gabriel no crime, foram confirmadas no fim da tarde de hoje, quando o mesmo confessou o crime à Polícia e contou todos os detalhes.

Segundo informações apuradas por nossa equipe de reportagem, o rapaz teria planejado junto a outros dois comparsas para que na sexta-feira (10) simulassem um assalto, para roubar a quantia de R$ 10 mil reais o que resultou a morte da mãe identificada como Mineia Silvania da Silva, de 47 e com o pai Josenildo Martins, de 49 ferido.

O elemento foi preso no fim da tarde, e a Polícia Civil segue as diligências na tentativa de localizar os demais envolvidos neste crime bárbaro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário