segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Grave colisão entre moto e Hillux deixa motoqueiro morto, em Terezinha

Um homem morreu ao colidir a moto que pilotava numa caminhonete Hilux. O acidente aconteceu por volta das 20h40 de domingo (16), na PE 218, no município de Terezinha. A batida foi tão violenta que a caminhonete incendiou em plena a rodovia.

O motorista de 37 anos, morador da cidade de Garanhuns, nada sofreu. Ele foi levado ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) onde realizou o teste de alcoolemia tendo obtido resultado zero. 

É frequente motoristas serem levados ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Garanhuns para realizarem testes de alcoolemia, pois o Governo do Estado não disponibiliza de aparelhos de etilômetro para as viaturas da Polícia Militar, ficando as equipes à mercê da disponibilidade da PRF para que conclua suas ocorrências com êxito.

A vítima fatal foi identificada como sendo José Cícero Carvalho da Costa, de 45 anos, morador do Sítio Olho D’Água dos Lins, em Terezinha. Ele pilotava uma motocicleta modelo Bros de cor vermelha com placa KLF 7979. Com a batida ele foi arremessado à vários metros do local, vindo a cair dentro do mato, ficando o corpo completamente machucado e com uma perna decepada.

Em depoimento à polícia, o motorista da Hilux contou que trafegava pela rodovia com destino a cidade de Bom Conselho quando se deparou com o motoqueiro trafegando na contra mão em alta velocidade, sendo impossível qualquer meio para evitar o acidente. Os familiares da vítima relataram que José Cícero ingeria bebidas alcoólicas desde o dia anterior. 

O corpo do motoqueiro foi encaminhado ao Instituto de Criminalística (IC) em Caruaru numa funerária contratada pela família, pois a região não disponibiliza de equipes de Instituto de Medicina Legal (IML), provavelmente devido à falta de verba financeira por parte do Governo do Estado de Pernambuco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário