sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Grávida de sete meses, garanhuense é libertada de cárcere privado no interior de Alagoas

Após denúncia, uma mulher grávida de sete meses, que era mantida em cárcere privado pelo companheiro, foi resgatada pela Polícia Militar de Alagoas (PM-AL) na noite desta quinta-feira, dia 06, na zona rural do município de Jacuípe, região da zona da mata alagoana.

De acordo com informações da assessoria de Comunicação da PM-AL, a vítima, que teve a identidade preservada, convivia há quase dois anos com o agressor e residia até outubro de 2019 em Garanhuns/PE, de onde o casal era natural, quando se mudou para a cidade do interior alagoano. 

Os militares de Alagoas foram acionados após a avó de a vítima realizar a denúncia na Secretaria da Mulher em Garanhuns.  O órgão encaminhou o ofício para o  9° Batalhão da PM, que comunicou o fato à polícia alagoana. 

Ainda conforme a assessoria, a avó da vítima relatou ainda que sua neta havia conseguido entrar em contato rapidamente com ela e que o seu companheiro não a permitia ter acesso a telefone e a internet As guarnições se deslocaram até o assentamento Boa Vista e constataram a situação. 

Após a confirmação da denúncia pela vítima, as guarnições se deslocaram até a 8ª Delegacia Regional de Polícia, em Matriz do Camaragibe, onde foram tomadas as medidas cabíveis. A vítima foi levada a um abrigo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário